Explicações sobre a demora para o retorno da edição de PR da SSPG

Quando comecei este blog, em abril, escrevi em minha primeira postagem que 2009 seria um ano de muitas novidades para os fãs brasileiros. Porém, durante todo o ano os fãs não tiveram praticamente nenhuma notícia nova sobre a situação atual da série no Brasil… Eu gostaria agora de explicar os motivos para esta falta de notícias sobre a edição brasileira da série, bem como as perspectivas futuras para a mesma.

Entre junho de 2001 e janeiro de 2007 a SSPG Editora publicou 99 volumes duplos da série “Perry Rhodan” no Brasil (episódios 650 a 847). Com uma tiragem cerca de dez vezes menor do que a da antiga edição da Ediouro (apenas 1.000 exemplares) e venda voltada para assinaturas, a edição conseguiu se manter entre 2001 e 2004. Porém, no início de 2005 a editora teve que começar a fazer empréstimos bancários para continuar funcionando, pois o número de assinantes estava caindo mês a mês, enquanto seus custos fixos aumentavam paulatinamente. Do final de 2005 até o início de 2007 o déficit mensal da editora aumentou continuamente, chegando a quase R$ 20.000 por mês nos últimos meses de 2006… Diante de tão insustentável situação, tomamos a difícil decisão de interromper a série e continuar somente vendendo o estoque dos livros já publicados, o que seria suficiente para manter a editora funcionando em escala reduzida enquanto tentássemos reduzir as nossas dívidas.

Embora continuemos nesta situação até hoje, em abril de 2008 surgiu um fato novo que renovou nossas esperanças em relação ao futuro da edição brasileira da série: inesperadamente fomos contatados por um fã da série que nos disse que estava prestes a receber uma quantia razoavelmente elevada, proveniente de uma ação judicial, e que estaria disposto a nos emprestar parte do valor para que pudéssemos quitar nossas dívidas mais importantes e voltar a publicar a série. Esse empréstimo, na verdade, seria como uma linha de financiamento tradicional, só que com um prazo de pagamento bastante estendido e uma taxa de juros muito atraente. Obviamente ficamos muito felizes com essa oferta inesperada, e, após nos encontrarmos pessoalmente com o fã, que mostrou-se muito entusiasmado em contribuir para a retomada da edição brasileira de “Perry Rhodan”, todos os detalhes dessa linha de crédito foram definidos, e passamos então a aguardar sua liberação. Naquele momento esperava-se que a ação judicial, que já estava em seus estágios finais, fosse concluída em outubro de 2008.

Gostaríamos de ressaltar que desde o início de 2006 vínhamos tentando conseguir um financiamento de longo prazo, a juros baixos, junto a diversos bancos e órgãos oficiais de fomento, só que nenhum deles estava disposto a colocar mais dinheiro num projeto que, na visão deles, não tinha nenhuma viabilidade futura. Como o fã estava mais interessado na continuidade da série do que no retorno financeiro propriamente dito, felizmente ele não era tão pessimista quanto os bancos…

Contudo, sucessivos entraves burocráticos inesperados fizeram com que o processo continuasse em andamento, o que fez com que a data prevista para sua conclusão passasse primeiramente para o início de 2009, e, em seguida, para o segundo semestre de 2009. No momento em que escrevo (janeiro de 2010) continuamos aguardando ansiosamente pela liberação final do valor, que, segundo os advogados que acompanham o caso, pode ocorrer a qualquer momento… Para se ter uma ideia de como todo o processo está avançado, o valor devido ao fã já foi depositado numa conta em seu nome, porém ela só poderá ser movimentada após a conclusão final do processo, que depende apenas de uma última assinatura do juiz responsável pelo mesmo. E acreditem, nós aqui na editora estamos tão ansiosos pela conclusão de todo o processo quanto todos os fãs brasileiros que continuam aguardando pelo retorno da série…

Gostaria de ressaltar que todo o planejamento para a retomada da publicação da série pela SSPG foi concluído em maio de 2009, mas que não temos condições de colocar nada em prática enquanto não recebermos o aporte de capital esperado, já que as dívidas da editora continuam impedindo qualquer tentativa de publicação de novos volumes. Os pontos principais desse planejamento são os seguintes:

– A série voltará a ser publicada do ponto em que parou em 2007, ou seja, a partir do volume 848/849, ao ritmo inicial de um volume duplo por mês. Pretendemos aumentar esta periodicidade assim que a edição estiver estabilizada novamente.

– Os livros serão publicados no mesmo formato de antes, sem alterações significativas (ou seja, volumes duplos).

– Será feita uma nova edição dos primeiros volumes do ciclo “O Concílio” para ampla distribuição nacional em bancas e livrarias, com o intuito de divulgar a série nacionalmente e conquistar novos leitores. Esta ação será acompanhada por uma ampla campanha de divulgação em sites e revistas especializadas.

– Os assinantes com créditos junto à editora receberão seus volumes devidos normalmente, à medida em que eles forem sendo publicados.

– Além da continuidade do ciclo “Bardioc” e da nova edição do ciclo “O Concílio”, também será aberta uma terceira frente de publicação da série, que terá início provavelmente em 2012. Porém não gostaríamos de divulgar nenhum detalhe adicional sobre essa nova frente de publicação agora, já que isso dependerá basicamente dos resultados da distribuição nacional do ciclo “O Concílio”.

Gostaria de finalizar ressaltando que a SSPG Editora continua totalmente comprometida com a série “Perry Rhodan”, apesar de todos os percalços dos últimos anos. A editora alemã VPM já aprovou nosso novo planejamento para a série, e agora tudo depende apenas do aporte de capital prometido…

Anúncios

6 Respostas to “Explicações sobre a demora para o retorno da edição de PR da SSPG”

  1. Marcos Says:

    César,

    Como sempre, continuo aguardando e torcendo ansiosamente pelo retorno da publicação oficial de Perry Rhodan no Brasil pela SSPG e fico muito feliz pela última notícia que agora sim, está presta a sair o tão esperado empréstimo.

    Parabéns pelo habitual empenho sobre este assunto, espero continuar lendo o ciclo Bardioc ainda neste primeiro semestre.

    []’s
    Marcos

  2. Almir A. Neto Says:

    César,

    Mais uma vez obrigado por nos manter informado sobre o possível retorno de PR pela SSPG e obrigado também pelo trabalho que você tem realizado para este objetivo.

    Um grande abraço para todos da SSPG.

    Almir.

    P.S.: Não vi este seu comentário na lista PR (Yahoo) – como você normalmente o faz – acho que seria interessante divulgá-lo ali também.

  3. Delgado Says:

    Que bom que esse fão se disponibilizou a fazer um empréstimo camarada.
    Eu tenho alguma experiência com demandas judiciais e apesar de que não sei detalhes sobre a causa em questão, posso garantir que a morosidade e os tramites legais e burocráticos estendem os prazos e o tempo passa em um vai e vem irritante. E isso é o normal, infelizmente, em qualquer nível do judiciário, com pequenas variações.
    Portanto não seria realista esperar uma solução imediata para o caso, e o fato da quantia já estar depositada, faltando apenas a assinatura do juiz não que dizer muita coisa, claro que dentro das particularidades de cada caso. Por isso não seria bom criar expectativas de uma rápida solução, embora estejamos todos torcendo para isso. Pois essa assinatura do magistrado pode demorar muito e depender de vários fatores.
    Mas estou torcendo, pois sinto falta da ótima edição da SSPG.

    Quanto à nova frente que a editora pretende iniciar em 2012, só posso fazer suposições e gostaria de outras publicações, mas espero que seja estudado com muita cautela e só o façam se realmente a edição principal estiver sólida e estabilizada. Afinal para alguma coisa as experi~encias e erros passados devem ter utilidade.
    Boa sorte e sucesso.

  4. Roberto de Sousa Causo Says:

    Informações muito esclarecedoras para o fã da série. Fico torcendo para que todos os planos se concretizem.

  5. Marcos Evangelista Says:

    Como fã fico aguardando o retorno dos trabalhos, e gostaria de saber como faço para ter acesso aos livros que já foram traduzidos do 2º ciclo.

  6. César Maciel Says:

    Muito obrigado a todos pelo apoio e pelas sugestões. Espero poder divulgar informações mais detalhadas sobre o retorno da edição tão logo seja possível.

    Marcos, o segundo ciclo da série foi publicado pela Ediouro no final dos anos 70, sendo encontrado atualmente apenas em sebos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: